Páginas

Pesquisar este blog

Carregando...

sexta-feira, 20 de janeiro de 2012

Famosas que já sofreram aborto.

Infelizmente, é muito fácil conhecer uma mulher que já sofreu algum tipo de aborto, as vezes você também conhece alguém e nem sabe que essa mulher já passou por essa triste situação.
Veja algumas famosas que já tiveram algum tipo de aborto:

Ivete Sangalo: A cantora baiana sofreu um aborto em 2008 e estava na sexta semana de gestação. Ela postou em seu blog: Era para ser assim..., palco checado, luzes afinadas, cenário perfeito, banda pronta, e aí então, sem ainda sabermos a razão, o artista não veio.:

Joelma: A vocalista da banda Calypso estava grávida de dois meses do seu terceiro filho, quando descansando em casa, sentiu fortes dores e teve um sangramento, levando-a a um aborto espontâneo em Belém do Para, em 2009.

Luana Piovani: Em 2004 a atriz estava grávida de seis semanas quando sofreu um aborto espontâneo, segundo sua obstetra, o “embrião” pode ter parado de se desenvolver por uma mutação genética. A atriz disse em seu site oficial: "De repente do riso fez-se o pranto. E tantos foram os ombros à disposição, as mãos estendidas. Que Deus nos una e que a gente faça esse amor se multiplicar e aí conseguiremos viver a paz na Terra dos homens de boa vontade", disse a musa em seu site.

Ticiane Pinheiro: A apresentadora sofreu um aborto em 2008, estava grávida de cinco meses de um menino. Ela estava em casa e sentiu a barriga dura e uma indisposição com a mesma, isso a levou ao médico e lá após uma ultrassonografia, descobriu que seu bebê não tinha mais batimentos cardíacos. A assessora disse: "Ela está muito triste e não quer falar com ninguém. Está esperando se acalmar um pouco para retomar a vida"

Mariah Carey: Sofreu um aborto no final de 2008, não informaram o tempo de gestação, mas ela disse em entrevista: "No dia que devíamos ir a Aspen (no Colorado), fizemos um ultrassonografia. Infelizmente, o médico disse: “desculpa, mas a gravidez não foi bem sucedida." Disse ainda: "Foi muito triste a perda. Tivemos que absorver isto... Realmente aprendemos muito como “pessoas”. E seu marido Cannon falou na mesma entrevista: "Foi dramático para nós dois, mas foi quando vi a mulher forte que tenho aqui. Ela lidou com tudo muito bem". E ainda se referindo a cantora, disse: "Ela estava tão festiva e sorridente, obviamente para as câmeras. E então, literalmente, à noite, chorou sozinha antes de dormir"

Carolina Dieckmann:  A atriz sofreu um aborto de uma gestação de dois meses, gestação essa que foi inesperada, e a bela atriz nem sabia, até acontecer o aborto. Esse foi segundo aborto, em 1998 ela teria abortado de um bebê de seu ex-marido Marcos Frota. Alguns amigos falaram sobre ela: "A Carol está ótima. É uma pessoa forte e já superou tudo o que aconteceu", contou Preta Gil (32). "Ela ficou bem triste com o ocorrido, mas é muito corajosa. Poucas vezes vi a Carol chorar, só a vejo chorando na televisão. E, como já havia passado por isso antes, ela conseguiu superar rápido e agora já está bem", reafirmou o ator Bruno de Luca (23), amigo de longa data.

Lily Allen: A cantora perdeu seu bebê aos 6 meses de gestação em 2010 e confessa que chegou a barreira da morte, por causa disto, em suas palavras: “(...)” “Eu não conseguia me importar comigo mesma. Eu literalmente estava em meu leito de morte, mas eu não sentia”, contou ao jornal The Sun.

Letícia Birkheuer: Em 2008, aos 3 meses de gestação teve um aborto espontâneo e hoje já tem um lindo filho. “Perder o bebê foi algo que me deixou muito triste. Fiquei tão empolgada quando soube que estava grávida que saí comprando roupinhas, escolhi o nome. Fiz um teste ultramoderno para saber o sexo quando estava só com duas semanas. Era uma menina e se chamaria Maria Helena”, diz a bela atriz.

Celine Dion: A cantora, em 2009 teve um aborto espontâneo 10 dias depois de anunciar a gravidez e hoje, já tem seus gêmeos que nasceram em 2010. A gravidez foi produzida com embriões que Dion havia congelado há oito anos, quando tentava engravidar de seu primeiro filho, René Charles.

Fernanda Brum: A cantora gospel, teve quarto abortos e hoje tem dois filhos, exemplo de fé e superação. “Tive indicação médica por causa dos embriões que morriam em meu ventre. O coração parava de bater após descolamento de placenta, e eu ficava com o embrião morto na barriga, tomando medicamento para induzir a eliminação espontânea do embrião. Algumas vezes lembro-me de ter voltado da anestesia gritando meu bebê, meu bebê...”

Kelly Key: A cantora sofreu um aborto as 10 semanas de gestação, ela já é mãe de um casal. "O seu irmãozinho foi morar com Papai do Céu, porque ele estava fraquinho e não conseguiu fazer o coração bater", disse Kelly a sua filha.

Pitty: Em 2007 a roqueira baiana estava grávida de três meses quando sentiu uma cólica muito forte e pediu então uma ultrassonografia e lá descobriu que seu bebê estava sem batimentos. “A forma que eu encontrei para não me transformar numa bêbada , drogada e sofredora pelo que tinha acontecido comigo foi enfiar a cara no trabalho...”, diz a cantora.

Daniela Cicarelli: Em 2005 a apresentadora que estava grávida de dois meses sofreu um aborto do bebê que esperava do jogador Ronaldo, "Sentimos muito o acontecido, mas o importante é que a Daniella está bem, é jovem, saudável e logo poderá engravidar novamente",  disse o jogador por meio de uma nota.


O que eu quis passar para vocês, é que, independente de quem seja, de onde morra, da profissão, enfim, essa é uma fatalidade que pode acontecer com qualquer mulher.
Não poderíamos ter feito nada para mudar essa situação (eu também me culpei muito), aconteceu por tinha que acontecer, o que podemos fazer é nos informar mais e evitar toda e qualquer coisa que possa prejudicar em futuras gestações.
Fiquem com a proteção de Deus.

Abraços.

3 comentários:

Silvia - São José dos Campos disse...

Eu perdi meu bebê com 10 semanas de gestação. Lendo esse post, com casos de mulheres famosas que passaram por isso me senti melhor. Elas seguiram em frente, tiveram seus filhos com saúde. É o meu foco daqui a alguns meses e vamos conseguir com fé em Deus!

Nívea Maria Silva Brandão disse...

É mais além de tudo perdi uma trompa....o que era difícil, ficou ainda mais!
Passado um mês, agora que estou conseguindo levantar da cama....perdi a vontade de viver!
Seguindo em frente pelo meu marido!

Manuela disse...

Entendo sua dor minha querida, eu também perdi uma trompa, eu tive uma gestação ectópica, claro que as chances se reduzem de 100 para 50%, mas tenha fé, eu posso dizer isso com muita propriedade, eu sofri um aborto espontâneo primeiramente, depois tentei novamente e foi a gestação ectópica (tive hemorragia e a perda da trompa esquerda) e quando tentei novamente 1 ano após tudo acontecer (estava com depressão), eu consegui ter o meu principezinho.... Creia que Deus tudo pode, só basta que nós confiemos Nele.

Abraço e te desejo de todo o coração que seu coraçãozinho seja cada dia restaurado, você nunca esquecerá, então não lute contra isso, só lute para não só levantar da cama, mas levantar a cabeça também, assim podemos ver que o dia pode estar sorrindo para nos alegrar um pouco e amenizar a imensa dor!!!

Força!!! Creia em Deus com toda a sua força!!!

Manuela.